[ editar artigo]

Dicas para seu atendimento clínico.

Dicas para seu atendimento clínico.

Sempre enfatizo no atendimento clínico o quanto precisamos ir para a sessão com um olhar quase ingênuo, para conhecermos a singularidade da pessoa que nos procurou.  Esquecer a teoria, esquecer o que aprendemos com outros casos que atendemos é um desafio importante para o terapeuta.

Mas ao mesmo tempo, paradoxalmente, encontramos organizações defensivas às vezes muito parecidas na nossa cultura e no momento histórico que vivemos. Eu explico melhor: o pânico, por exemplo, como organização defensiva geralmente nos aponta para um histórico de violências éticas vividas na infância e adolescência que vão se repetir de uma outra forma na fase adulta. Ou seja, em muitos casos de pânico que tenho tratado há eventos biográficos na infância geradores de posturas defensivas de contenção, de repressão da espontaneidade, da combatividade por posições. Há também caminhos de submissão e raivas e expressividade contidas. Na juventude e idade adulta este caminho conhecido de evitar conflitos e discórdia pela contenção se repete e é quase certo que o pânico vai surgir. Em gravidades diferentes, mas de alguma forma ele vem.

A experiência de ter muitos casos ajuda na identificação das organizações defensivas, mas queremos ir sempre além delas, para encontrar a singularidade dos recursos e do potencial do cliente para além das suas defesas.

Reconheço esses talentos vocacionais, essas linguagens singulares (segundo G. Safra, idiomas pessoais), misturados às defesas, sintomas, queixas. E é a este idioma pessoal que eu acho importante ficarmos atentos. Hoje mesmo atendi uma pessoa que havia vindo com síndrome do pânico bastante grave resultando em impedimentos graves na vida cotidiana.  Já trabalhamos algumas sessões e os sintomas foram se retraindo a medida que identificamos essas experiências  de ter que conter raiva/medo/espontaneidade desde a infância. Usei Terapeuta Interior, Tapping e muita compreensão e ressignificação dos processos vividos.  O mais incrível é como em meio às defesas construídas, sintomas, queixas, que parecem comuns a muitos pacientes que desenvolvem pânico, surgem como que lampejos do idioma pessoal deste paciente. Surgem aportes, contribuições, criações, delineamento de sentido de vida e se vamos puxando esses fios, há como uma mudança de patamar (salto quântico) e onde havia um ser em pânico começa a surgir uma fortaleza segura de seu caminho. E isso vai se consolidando nas sessões. Este processo já vivi com vários pacientes e por isso fica a dica: pesque no meio do sintoma a criatividade e a singularidade única que este paciente traz em potencial.

CONVITE: SE JUNTE A NOSSOS PROJETOS: SUPERVISÃO EM DUPLAS);  EFT EM DUPLAS (TROCA PARA TREINO/ GRATUITO); CLÍNICA SOCIAL: VAGAS ABERTAS PARA CANDIDATOS A PACIENTES, VALORES ACESSÍVEIS.

INFORMACOES; MANDE UM WHATS PRA MIM 11 999941415

TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE OS CONTEÚDOS E PREÇO DO TREINAMENTO COMPLETO NO EFT OFICIAL ESTÃO AQUI. E FAZENDO INSCRIÇÃO NO TREINAMENTO COMPLETO ATÉ 30 DE JULHO VOCÊ CANHA UMA CONSULTA  ONLINE GRÁTIS COM SONIA NOVINSKY . 

 

ACADEMIA CLINICA
Sonia Novinsky
Sonia Novinsky Seguir

Psicoterapeuta . Diretora do Centro Gary Craig de Treinamento em EFT Oficial no Brasil. Atendimento on line e presencial. Supervisão em grupo para EFT Oficial ( tapping e Optimal). Práticas grupais de EFT. Contatos pelo whats: 11999941415

Ler matéria completa
Indicados para você