[ editar artigo]

EFT na minha crise de pânico Depoimento de Celia Barbosa Comentários Sonia Novinsky

EFT na minha crise de pânico

Depoimento de Celia Barbosa
Comentários Sonia Novinsky

Quando tive 1 crise de pânico, fui atrás de respostas e meios de cura, pois jurei a mim mesma que nunca mais teria aquilo. Foi quando descobri a EFT. Fui me auto aplicando e tive sorte que trabalhando o medo, vieram os eventos, e cada emoção, cada sensação física e fui limpando tudo que aparecia, descobri sentimentos como ódio, culpa, vitimização, que consciente não percebia que tinha.

COMENTÁRIO SONIA N. : Celia, não sei como você fez para trabalhar os eventos, mas aproveito para relembrar os leitores:  a partir das emoções atuais que se trabalha se vai investigando os eventos específicos que podem estar ligados a estas emoçoes. Se pega evento por evento, e a medida que se vai narrando ele se pode ir fazendo o tapping, e quando chega no pico emocional do evento, se pára e se faz um eft de varias rodadas para cada aspecto deste pico de evento. Se pode aproveitar que temos 5 sentidos e ver como este evento importante, neste momento de pico, afetou cada um dos 5 sentidos,  vozes que gritam por exemplo afetam ouvido. Cena horrivel de alguém apanhando, por exemplo afeta a visão, cheiro de suor da pessoa que batia, por exemplo afeta o olfato. E assim por diante, cada um destes aspectos deve ser medido para ver antes e depois do tapping se este foi eficiente. Estou falando do EFT Tapping pois foi este o método usado pela Celia. 

Outro ponto importante: Vitimização não é uma emoção, é um pensamento que gera uma crença. É importante diferenciar sempre o que é sensação, emocão, pensamento/crença, e sentimento que é uma outra coisa. Estas partes mais conceituais estão no meu curso Percurso Clinico no EFT.

De qualquer forma parabéns Celia, porque é muito dificil trabalhar panico sozinha, porque o medo é infinito, é agonico, é eterno, parece que não tem saída, e por isso geralmente eu indico para pessoas com pânico, que procurem um terapeuta. Mas Celina conseguiu um bom resultado sozinha

 

Foi tão intenso que sentia muitas vezes um cansaço físico muito grande, o qual acredito que seja pela falta de experiência e não ir aliviando primeiro a carga, abaixando a intensidade, os eventos foram : a rejeição que senti no ventre da minha mãe por ser a 17° gravidez; com 2 meses de vida qdo minha mãe foi internada; com 3 meses a adoção; 1 mês sendo cuidada pela irmã de 9 anos e a tia que não podia cuidar pelas suas obrigações c a família dela; a perda do meu pai adotivo com 8 anos.

COMENTÁRIO SONIA : aqui estão os eventos! que bom! está bem resumido, mas são eventos muito fortes com certeza. E muito precoces. Espero que tenha realmente esgotado todos os aspectos de cada um destes eventos. Lembre-se que os eventos precisam estar localizados sempre no tempo e no espaço. A perda do meu pai adotivo, é muito vago, tem que ser,  o dia em que eu vi ou soube que meu pai adotivo morrera, e estava.... e senti.... e ainda sinto.... quando lembro deste dia.

Lembre-se que sempre a gente trabalha o que sente hoje quando se lembra do evento, e não apenas o que se acha que sentiu quando o evento ocorreu. Isso é importante e a gente sempre testa a intensidade da emoção antes e depois do EFT Tapping.

A gente sempre trabalha então: as respostas emocionais de um evento, e ainda o que sentimos emocionalmente destas respostas. A adoção tem um impacto sempre muito forte, porque há a descontinuação dos cheiros, do toque, do sabor, do som, que se sentia no útero e logo após o nascimento. Cada história de adoção tem sua trajetória, mas sempre é muito complexa, cheia de emoções contraditórias e ambivalentes. Seria bom rever isso com um terapeuta, para que se consolide na testemunha dele esta conquista que você sentiu.

E me livrei da crise de pânico, do medo que me fazia tremer o dia td, as TPM terríveis, o sentimento de culpa por até respirar e usar o ar que poderia ir p outro, sentimento de inadequação,inutilidade, cansaço físico fenomenal, despersonalização, tristeza, travava da coluna com frequência e nunca mais travei. Hoje estou quase completando 3 meses sem nenhum sintoma, graças a Deus e a EFT. Hoje trabalho a frustração, me sentir mal sucedida, falta de prosperidade e o desprezo que sinto e percebi que é insistir que chegamos a origem. 

COMENTÁRIO SONIA:Fico feliz que está ha 3 meses sem sintomas, mas de vez em quando teste para ver se todos os eventos estão zerados mesmo, só por precaução. Não foi muito fácil o que viveu. E sem dúvida  o fato de não se sentir bem sucedida tem a ver com estas questões da infância também.


TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE OS CONTEÚDOS E PREÇOS DOS NOSSOS CURSOS ESTÃO AQUI 

ACADEMIA CLINICA
Sonia Novinsky
Sonia Novinsky Seguir

Psicoterapeuta . Diretora do Centro Gary Craig de Treinamento em EFT Oficial no Brasil. Atendimento on line e presencial. Supervisão em grupo para EFT Oficial ( tapping e Optimal). Práticas grupais de EFT. Contatos pelo whats: 11999941415

Ler matéria completa
Indicados para você