[ editar artigo]

Narcisismo

Narcisismo

Atendo uma mulher que se casou com um cara que me parece ser narcisista. Ela é muito carente e ele só pensa em si mesmo, em como chamar a atenção na turma, como ser lembrado, e vive se olhando no espelho. Nunca admite que está errado. E ela se pega refletindo sobre a relação, que faz tanto mal pra ela (sente muito ciúme, inveja) e pensa em se divorciar, mas tem muito medo. O buraco dela de não ter valor é bem forte desde a vida intrauterina e ficar com esse homem, ao meu ver, só piora o estado dela. Queria entender mais sobre relacionamentos com narcisistas. Sônia ou alguém já tiveram alguma experiência? Eu agradeço!

RESPOSTA SONIA: Raissa, poderia falar muito sobre narcisismo ou gorduras egoicas. Isto é: egos que engordam pela atenção demasiada a si mesmos. Fico em si mesmo. Narciso vem da lenda do homem que só olha sua imagem no lago e se sente encantado consigo. Eco é a mulher que segue o Narciso e é literalmente seu eco. Este engordamento egoico não acontece por acaso mas ele vem de raizes biográficas muito precisas. Vem de cisões do ser. A parte mais frágil se aparta e para não sofrer o foco vai para a negação de qualquer fraqueza e o foco vai para si mesmo e tudo que possa engrandecer o ego.

No caso que você me traz a paciente seria o eco. Mas não se pode saber se este narcisismo que você vê e que a cliente traz seja de fato um narcisismo. Porque sabemos ele descrito pelo ódio dela, pela carência dela. Nunca podemos ter uma visão sobre o companheiro da paciente pois não o ouvimos e não o vemos. Ele chega pelo discurso dela, que é sempre distorcido. Por isso nós, como terapeutas, nunca podemos emitir conselhos de relacionamento, se paciente deve ficar ou não com este ou esta pessoa para não corrermos  grandes riscos de sermos injustos. Só sabemos de uma pessoa se a conhecermos longamente.

Dos nossos pacientes  podemos perceber as organizações defensivas. Mas do seu parceiro que não vem ao nosso consultório não. Este casal tem uma competição velada, isso é claro. Mas ela corrobora para esta competição. A esposa precisa, com você, cuidar das suas feridas, sua baixa auto estima, a motivação para ficar com ele, a raiva dele, o sentimento de rejeição, de falta de acolhimento, de não conseguir por limites e dizer não,  da sua dependência. Talvez algumas sessões de casal resolvam o problema.  Ele tendo este convite para olhar para ela. Consegue? E numa sessão de casal você poderá ver o grau de egocentrismo dele.  E o nível de submissão dela. Seus medos. E aí precisará buscar como estas organizações defensivas se construíram em cada uma das biografias e como cada um serve ao problema do outro se isso acontece.

Beijos, até!
Sonia

ESTÃO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA TODOS OS CURSOS DO EFT OFICIAL. VEJA EM NOSSO SITE 

 

 

 

 

 

ACADEMIA CLINICA
Raissa Schiavo
Raissa Schiavo Seguir

Terapeuta EFT e Optimal. Atendimento online e presencial. Contato: 34 98401-7739

Ler matéria completa
Indicados para você