[ editar artigo]

Perda na infância

Perda na infância

A cliente chegou com uma queixa que não conseguia pegar na pessoa morta. Pedi a ela que buscasse desde quando isso acontecia, e ela não lembrou... 

Fizemos então uma rodada de EFT para Medo de Defunto e ela lembrou da morte da tia: ela tinha uns 6/7 anos, sua tia era muito nova, tinha 33 anos e morreu. Ela era muito apegada com esta tia e quando tocou na tia no caixão e sentiu a frieza do corpo da tia ela levou um susto.

Fizemos EFT para esta sensação de frieza e então ela lembrou da filhinha da tia, a priminha dela que tinha apenas um aninho quando a mãe morreu. A cliente chorou muito com esta lembrança e disse ter muita pena da priminha.

Fizemos EFT novamente, focado nesta pena e ela se sentiu aliviada. Testamos com ela imaginado que estava em um velório e tocasse no falecido e ela falou que tudo bem.

Ela ficou muito impressionada com o que sentiu quando testamos. Pedi a ela que quando ela pudesse testar de verdade isso que ela me comunicasse o que sentiu.

O que me chamou atenção aqui foi a rapidez com que tudo aconteceu... Foi muito rápido, nós fizemos umas quatro ou cinco rodadas de EFT e ela se sentiu muito aliviada.

Toda emoção pesada do acontecimento foi totalmente liberada e ela se sentiu muito leve e me comunicou depois que quando foi embora tudo parecia mais claro! 

TAGS

pena

morte

Ler matéria completa
Indicados para você