[ editar artigo]

Soft skills e EFT frente aos desafios do ser humano na atualidade

Soft skills e EFT frente aos desafios do ser humano na atualidade

Gostaria, neste artigo, de legitimar a importância de desenvolver nas empresas e instituições o que hoje se denomina soft skills  porque vejo neles uma resposta a desafios que todos nós enfrentamos. Estes  desafios são inerentes à condição humana.

Uso a palavra ‘desafios’ no sentido de serem impasses que todos vivemos em alguma época da vida e que nos colocam em situações pouco confortáveis, sem solução  imediata e intrínseca. É o desenvolvimento de soft skills que permite a melhor resposta aos nossos maiores desafios. A seguir enumero alguns dos principais desafios que temos de enfrentar por sermos seres humanos vivendo neste momento histórico. Ressalto também quais os soft skills que me parece que eles nos demandam:

1-Somos livres, em alguma medida, para decidirmos entre caminhos alternativos. Precisamos desenvolver em nós a habilidade para tomar decisões ao mesmo tempo consistentes com nossos valores, isto é enraizadas na ética e no respeito a todos envolvidos e  adequadas à realidade concreta do ambiente que será afetado por estas decisões.

2-Tudo está em movimento e em devir: ou nos colocamos num caminho de evolução e positividade ou num caminho de retraimento e involução.  Para darmos nossa melhor contribuição, precisamos ter condições de  aderir ao fluxo evolutivo da empresa ou da instituição, com otimismo e confiança.

3-Desde o nascimento somos seres em interação com outros seres: podemos viver essa interação numa luta contínua, em ataques e defesas intermináveis, ou podemos construir harmonias, trocas e doações, num clima pacífico. A demanda aqui é de uma competência muito específica para contornar ataques e impedir a reatividade. Que permite também saber como ajudar os que nos acompanham a evitar a reatividade nociva ao ambiente.

4-Desde o início de nossa vida o medo nos acompanha, conscientemente ou não, de muitas formas, por exemplo o medo da precariedade e vulnerabilidade do nosso organismo que pode gerar dor, doença e morte, medo da solidão e desamparo, medo do fracasso, medo do desconhecido. Podemos sucumbir a ansiedades agônicas ligadas a esses medos ou ter habilidade para encontrar modulações para eles através da autoconsciência e do autoconhecimento. Estas habilidades permitem construir referenciais internos de estabilidade perante as instabilidades conjunturais ou estruturais.

5-Todos temos uma grande vitalidade que se movimenta  em nosso organismo e que pode se dispersar ou se manifestar em ações criativas, em descobertas, em gestos  sociais que fazem a diferença numa organização. Um equilíbrio entre capacidade reflexiva e confiança em si  é necessário para que ousadia e ponderação compareçam na medida certa. E assim, a criatividade possa fluir.

6-Todos nós nascemos com tendências a intensificar nossas defesas emocionais. Ou seja, nascemos com uma tendência à impulsividade como forma de ataque para nos defender de ameaças que sentimos.  Isso pode se traduzir em agressividades, retraimentos, hostilidades, impaciências, intolerâncias, ressentimentos. Um aprendizado voltado a como lidar com as intensidades emocionais e suas consequências imprevisíveis pode nos levar a equanimidade. Ela nos prepara para um equilíbrio onde a tolerância, o auto controle e a contenção são atributos importantes.

7.  O fantasma nem sempre totalmente consciente de nossa  vulnerabilidade e de nossa fragilidade como seres humanos pode nos predispor a  uma possível perda de nossa  assertividade. Ao invés, por exemplo, de por limites, nós vamos condescendendo onde não deveríamos,  para não desagradar, para cativar, para manter aliados, etc.  Precisamos construir um eixo interior forte, uma clareza de pensar e sentir, uma confiança em nós sólida,  para mantermos a objetividade  e a integridade  de nossas posições.

8. Somos seres dotados de muita plasticidade mental e emocional e podemos por isso estar sujeitos a ambientes que se vinculam a padrões  inválidos porque calcados em preconceitos mais do que em princípios éticos. Isso requer que sejamos expostos  a uma revisão de nossas crenças e sentimentos em relação a todos os seres humanos. Há muitas crenças e preconceitos discriminatórios de tal forma enraizados que passam desapercebidos.  Este aprendizado permite  cultivar a empatia,  a fraternidade e a solidariedade em nossos corações.  

Todos estes atributos que listei são soft skills que merecem o maior cuidado por parte dos líderes porque fazem toda diferença para a cultura organizacional. E, ao mesmo tempo, para a saúde emocional e física dos que nela trabalham.

Sementes desses soft skills poderiam ser ensinados nas escolas e faculdades, mas é realmente na vida adulta que temos as condições de assumi-los com total consciência de sua importância.  Esses soft skills nos permitem caminhar pela vida em diálogo, sempre confiantes,  tolerantes e otimistas. E conscientes de que a saúde pessoal e da empresa ou instituição está na adesão ao vir a ser, à evolução. Por último, mas não menos importante, é o quanto essas qualidades humanas que chamamos de softskills permitem a consciência dos talentos mais expressivos de cada um de nós para que o melhor de nós possa se manifestar em benefício do todo.

Com certeza um bom trabalho com o Terapeuta Interior pode eliminar todas as barreiras ao desenvolvimento destes soft skills hoje tão procurados pelas instituições de todos os tipos. Todos temos o potencial para chegar a eles mas precisamos antes eliminar os obstáculos que nos separam deles, sempre relacionados a experiencias negativas ou traumáticas para as quais não tínhamos no momento os recursos para lidar a contento.

O caminho é sempre ressignificar nossas reatividades em relação a essas experiencias biográficas e contar com a ajuda do Terapeuta Interior para nos dar suporte para a transformação do nosso pensamento e dos nossos sentimentos. Este é um campo para os praticantes de EFT poderem ajudar nas organizações, nas empresas, nas instituições e nas suas comunidades de uma forma geral.


TODAS AS INFORMAÇÕES SOBRE OS CONTEÚDOS E PREÇO  COM GRANDE DESCONTO NO TREINAMENTO COMPLETO DO  EFT OFICIAL ESTÃO AQUI. 

 

 

 

 

 

 

ACADEMIA CLINICA
Sonia Novinsky
Sonia Novinsky Seguir

Psicoterapeuta . Diretora do Centro Gary Craig de Treinamento em EFT Oficial no Brasil. Atendimento on line e presencial. Supervisão em grupo para EFT Oficial ( tapping e Optimal). Práticas grupais de EFT. Contatos pelo whats: 11999941415

Ler conteúdo completo
Indicados para você